Entrar / Criar conta

Entrar

Esqueceu a sua senha?

CRIAR CONTA

Criar conta

0

Os piores carros de todos os tempos

Os piores carros de todos os tempos

Estes são 13 dos fiascos mais consideráveis da história da automobilística. Você conhece todos?

A história do automóvel conhece vários casos de veículos sem sucesso, quer seja pela estética pouco sedutora ou por uma diversidade de problemas mecânicos, eléctricos ou eletrônicos. Selecionamos 13 dos fracassos mais consideráveis, com certeza alguns deles irão surpreender você.




Renault Dauphine 1956

O Renualt Dauphine foi um veículo francês lançado em 1956, o qual originalmente devia se chamar Corvette. O metal utilizado para a carroceria era de qualidade muito baixa, e oxidava com facilidade. Mas o grande porém desse veículo era a mecânica, o motorista do carro levava cerca de 32 segundos para atingir 100 km / h.

Ford Edsel 1958

O Edsel não só é considerado uma das maiores falhas de Ford, mas também da história automobilística. Em seus três anos de vida, causou prejuízos de 250 milhões de dólares à empresa. Seu nome, Edsel, deve-se ao filho de Henry Ford. A lista de queixas técnicas foi enorme, e seu estilo nunca foi reconhecido.

Zundapp Janus 1958

Com sede em Nuremberg, Alemanha, Zundapp era um fabricante de motocicletas bem conhecido que decidiu criar seu próprio microcarro. Seu design em forma de trapézio e 250 cc de motor e 14 CV não convenceu o público, dessa forma, a marca parou de fabricar o veículo um ano depois.




Amphicar 1961

Projetado para ser um carro e um barco, ao mesmo tempo, o Amphicar não era bom nem no asfalto tampouco na água. Como barco foi extremamente lento, bem como na estrada. Contudo, quase 4.000 unidades foram vendidas entre 1961 e 1968.

Corvair 1961

O maior problema deste modelo de motor traseiro da Chevrolet foi que a marca se recusou a montar uma suspensão decente no eixo traseiro. O veículo também apresentou outros pontos negativos, como um sistema de aquecimento que, por vezes, liberava gases tóxicos na cabine.

Peel Trident 1966

Verdade, este modelo parece ter saído de um filme de ficção científica com pouco orçamento. O Trident foi vendido na Ilha de Man, na década de 60. Foi o segundo veículo de três rodas 'microcar' fabricado pela Peel. A cabine era extremamente quente devido à tampa de Plexiglas.

Subaru 360 1968

O 360 era um veículo adorável da marca Subaru que lembrava o Volkswagen Beetle. Mas seu motor não se assemelhava ao modelo da marca alemã. Com 25 CV o carro levou 37,5 segundos para atingir 80 km/h.

AMC Gremlin 1970

O Gremlin apresentava uma forma estranha, com uma frente alongada e traseira recortada. Devido a este design, tinha problemas com a distribuição de peso, tornando-o difícil de conduzir. O motor de 6 cilindros tornava-o rápido, mas a suspensão e direção não estavam à altura de tanta potência.

Triumph Stag 1970

Este modelo Triumph, pouco atraente, tinha no fato de se tornar conversível uma de suas grandes atrações. No entanto, o chassi era muito fraco, o que tornou necessário o uso de um aro de espessura grossa no para-brisa para lhe conceder maior rigidez. Este fato o transformou em um veículo pouco comum. Além disso dispunha de um motor V8 muito pouco confiável e sua cadeia de distribuição quebrava facilmente.

Chrysler Imperial LeBaron 1971

É talvez uma das piores manifestações da indústria automobilística norte-americana. Media 5,8 metros de comprimento e raio de giro (movimento do volante) extenso. Seu motor V8 de 350 CV apresentou vários problemas ao longo dos anos, e apesar de sua potência, não se conseguiu reduzir para menos de 10 segundos o tempo de aceleração de 0 a 100 km/h.




Trabant 1975

O Trabant foi a resposta de baixo custo da Alemanha comunista ao VW Beetle. No entanto, ele estava longe de ser o "carro do povo". Zero luxos e uma produção ineficiente que chegava a acumular listas de espera de até 15 anos, de acordo com algumas fontes.

Ferrari Mondial 8 1980

Você não espera que um modelo da Ferrari estivesse numa lista dessas, não é? Pois a marca também cometeu erros ao longo de sua história. A prova está no Mondial 8, que possuía uma série de equívocos eletrônicos. A mecânica, por sua vez, também não estava à altura das expectativas de um Ferrari. Fica a impressão de que cada vez que uma marca de luxo tenta produzir um carro esportivo de baixo custo não sabe exatamente como fazê-lo.

Fiat Multipla 1998

Se houvesse um prêmio para o carro que tem o design mais estranho, é provável que o Fiat Multipla venceria. Na parte traseira, volumoso e com formas irregulares. E de frente, pouco estético, graças à ruptura do para-brisas com o capô. Mecanicamente era um carro decente e o interior oferecia uma cabine cômoda. Infelizmente, por seu design curioso, o veículo foi condenado a estar nesta lista.

Redação (seucarro.net)







Sobre o Autor

SeuCarro.net: Notícias e novidades automotivas | Compra e venda de carros usados, seminovos e novos em todo o Brasil, publique anúncios ilimitados grátis ! Vender carro

Deixar um comentário

Comentários Facebook

Copyright © 2017 Classificados SeuCarro.net | Todos os direitos reservados.

uma empresa Uniforce Tecnologia | Fale Conosco | Política de Privacidade

ThemeMakers