Entrar / Criar conta

Entrar

Esqueceu a sua senha?

CRIAR CONTA

Criar conta

0

Carro usado: Como comprar carros usados com segurança

Carro usado: Como comprar carros usados com segurança

Para não levar gato por lebre, siga nossas dicas e adquira um ótimo seminovo

Com a instabilidade financeira que assombra o mercado, os reajustes dos veículos 0km tem subido mensalmente e é claro que o consumidor tende a reclamar, visto que os valores não consistem em sinônimo de boa compra.




Assim, é fácil encontrar veículos que não oferecem sequer um ar-condicionado e, em algumas vezes, nem direção hidráulica; itens que fazem falta no território brasileiro por conta do clima e da condição das estradas. Diante dessa situação, o brasileiro optou por adquirir carros seminovos e usados ao invés dos 0km.

Como toda vantagem tem um “porém”, essa não é diferente. Cabe ao consumidor checar o veículo antes da compra e averiguar se de fato é um bom negócio. Veja as dicas que preparamos e avalie o seu próximo veículo, evitando futuros prejuízos.

1- O que olhar primeiro no usado ou seminovo na hora da compra?

Apresentamos dois passos: o primeiro é escolher uma concessionária da marca do veículo desejado, pois, geralmente, os carros vendidos nesses locais são mais confiáveis e “honestos” quanto aos dados do automóvel.

O segundo é sempre levar um mecânico de confiança junto, com um especialista ao lado fica difícil passar algo despercebido e ele saberá por onde começar a avaliar o veículo.

2- Qual o melhor local para a compra de carros usados ou seminovos?

Primeiro opte pela concessionária da marca pretendida ou loja. Esses locais sempre fazem uma análise antes de entregar o veículo ao novo proprietário, verificando se é um carro sinistrado ou se existe algum bloqueio administrativo.

Outros locais bons para a compra são as locadoras de veículos, pois elas oferecem carros que são adquiridos de um único dono.

3- Visualmente, o que devemos olhar primeiro?

Ao checar o veículo sempre olhe os itens de segurança, como a validade do extintor, as chaves de rodas no porta-malas, o triângulo de sinalização e a condição do estepe.

É interessante, ainda, verificar os níveis de óleo do motor e a periodicidade da troca, pois, assim é possível averiguar em que condições está o motor e como o antigo dono fazia a manutenção do veículo.

4- Falando de mecânica: quais testes devem ser feitos?

A dica é: ligue o motor em marcha lenta e sinta o ruído do carro e a vibração no volante e no câmbio (caso o carro seja manual).



Um simples teste desses pode ser feito com uma volta no quarteirão, fazendo com que se averigue se há folga no pedal do freio e como estão os amortecedores ao passar por um buraco.

Aqui vale a dica de antes: leve um mecânico junto, como ele é um profissional da área, ao ligar o carro identificará possíveis problemas.

5- Alguma dica para saber se o carro foi batido ou não?

Geralmente, é visível a percepção de uma batida no veículo. Por isso, por garantia, verifique o alinhamento das portas, capôs e bagageiro.

Veja se há diferenças nas tonalidades da cor na lataria; verifique os parafusos, principalmente os das portas, pois quando o carro sai da fábrica eles vêm pintados com a mesma tinta do carro, se eles estiverem de outro tom ou espanados é sinal de que alguém já mexeu neles.




6- Depois da compra do carro, quais os procedimentos burocráticos?

Primeira coisa: faça o comunicado de venda do carro no Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e transfira-o num prazo de 30 dias.

No site do Detran é possível ver um passo a passo de como proceder com a documentação e verificar as pendências do veículo; caso haja algo atrasado, a transferência só é efetivada com a quitação da dívida pendente.

7- É possível saber se foram feitas revisões anteriores?

Dê preferência para os veículos que possuem o manual do proprietário, é lá que estão todos os carimbos das revisões feitas. Para averiguar o recall peça ao vendedor a carta de convocação e o comprovante da autorizada, é ele quem possui essa documentação que deverá ser entregue ao novo proprietário.

8- E como saber se consta alguma pendência jurídica?

Simples: com o número do CPF ou CNPJ do antigo dono em mãos, basta acessar o site do Detran, da Secretaria da Fazenda ou o site da prefeitura do município e fazer a consulta do veículo.

9- E quanto à autenticidade do chassi e do motor?

Em qualquer unidade do Detran eles irão te aconselhar a fazer uma vistoria do veículo para garantir a legalidade do veículo. Ela é gratuita e ainda verifica os itens essenciais do carro, como os retrovisores, pneus, extintores, espelhos, entre outros. Após a vistoria, o laudo sai em até 30 dias, tempo para o processo da transferência.




10- Há proteção jurídica para a compra de carro de um particular? E de estabelecimento comercial?

Nas concessionárias e nas lojas o consumidor e assegurado pelo Código de Defesa do Consumidor, tendo um prazo de 90 dias da data da compra para reclamar de vícios existentes no carro, não se restringindo apenas a defeitos no motor e na caixa cambial.

Já no caso de uma compra com particular, o regimento se dá pelo Código Civil, mas a burocracia é mais complicada e lenta, pois caso dê algum problema será necessária a contratação de um advogado para ajuizar uma ação.




Carros a venda

Fiesta
R$ 16.900
  • Local: Brasil
  • Motor: 1.6L, Flex
  • Quilometragem:  156000 km
  • Condição: usado
Detalhes
Ver mais ofertas  

Sobre o Autor

SeuCarro.net: Notícias e novidades automotivas | Compra e venda de carros usados, seminovos e novos em todo o Brasil, publique anúncios ilimitados grátis ! Anunciar agora

Deixar um comentário

Comentários Facebook

Copyright © 2017 Classificados SeuCarro.net | Todos os direitos reservados.

desenvolvido por UNIFORCE EMPREENDIMENTOS | Fale Conosco | Política de Privacidade

ThemeMakers