Entrar / Criar conta

Entrar

Esqueceu a sua senha?

CRIAR CONTA

Criar conta

0

Carros que mais desvalorizam após um ano de uso

Carros que mais desvalorizam após um ano de uso

A agência de notícias Autoinforme divulgou no final do ano passado o Selo Maior Valor de Revenda, o objetivo é orientar consumidores a respeito da depreciação de carros novos e seminovos.

Segundo o ranking da Agência Autoinforme, em 2016, o Citroën C3 Picasso lidera no quesito depreciação, trata-se do carro que mais perde valor depois de um ano de uso. Essa já é a décima segunda edição do levantamento de desvalorização média dos veículos mais comercializados no Brasil.




Nessa pesquisa, os critérios utilizados para chegar ao percentual de depreciação consideram o valor anunciado da versão zero quilômetro no mês de agosto do ano de 2015, estabelecendo-se uma comparação com o valor pelo qual o mesmo modelo seminovo é vendido em agosto de 2016, isso com base nos valores de mercado anunciados na Tabela Molicar.

Para evitar qualquer injustiça nos resultados, a pesquisa desconsidera os veículos que sofreram grande alteração de valor no período de um ano, quer seja por indisponibilidade do modelo, quer seja por descontos que chegam a ser repassados ao consumidor.

Levar em conta a desvalorização do veículo: critério para nortear sua decisão

A razão pela qual é preciso avaliar a desvalorização de um veículo ao longo do tempo, a chamada depreciação, deve-se ao momento de revenda. Esse critério auxilia a escolha de que carro novo comprar, pois se o veículo apresentar maior desvalorização, logo, mais dinheiro será perdido entre o momento de compra até a sua venda.

Os dados de depreciação também servem para avaliar quais carros apresentam valores mais distantes da versão 0km, pois esses veículos podem ser interessantes aos consumidores que procuram por seminovos.

Entenda por que acontece a depreciação do veículo

É a velha conhecida lei da procura e da oferta. Quanto menor é a busca por um modelo, mais valor de mercado ele deixa de ter. Nessa lista incluem-se geralmente os modelos mais luxuosos, que evidentemente possuem menor demanda, ou ainda os modelos que por diversas razões podem não ter um bom nível de aceitação por quem os adquiriu.

Também entram nessa lista alguns modelos de veículos populares, mas nesse caso a depreciação ocorre se o número de vendas não superar a oferta dos veículos nas concessionárias. Alguns fatores contribuem para que possa ocorrer o aumento de estoque e, consequentemente, a desvalorização de versões populares como, um momento de crise financeira ou alterações nas condições dos financiamentos de veículos.

Você confere abaixo os modelos dos 26 veículos que estão no final do ranking do Selo Maior Valor de Revenda de 2016, levantamento da Agência Autoinforme, e seus respectivos percentuais de depreciação média em um período de 12 meses.




Confira abaixo os 27 primeiros colocados no ranking do Selo Maior Valor de Revenda de 2016.

1. Citroen C3 Picasso

Desvalorização: -22,2%

2. CheryTiggo

Desvalorização: -21,9%

3. Jac J3 Turin

Desvalorização: -21,1%

4. HyundayElantra

Desvalorização: -20,3%

5. Citroën C4 Lounge

Desvalorização: -20,1%




6. Chevrolet Cobalt

Desvalorização: -19,1%

7. CheryCeler Sedan

Desvalorização: -18,9%

8. Citroën Aircross

Desvalorização: -18,6%

9. BMW Série 5

Desvalorização: -18,1%

10. Hyundai Grand Santa Fe

Desvalorização: -17,6%




11. BMW Série 6

Desvalorização: -17,4%

12. Nissan Frontier

Desvalorização: -16,9%

13. Fiat Freemont

Desvalorização: -16,7%

14. Chevrolet Tracker

Desvalorização: -16,7%

15. Mitusbishi Pajero TR4

Desvalorização: -16,7%

CONTINUAÇÃO >




Sobre o Autor

SeuCarro.net: Notícias e novidades automotivas | Compra e venda de carros usados, seminovos e novos em todo o Brasil, publique anúncios ilimitados grátis ! Vender carro

Deixar um comentário

Comentários Facebook

Copyright © 2017 Classificados SeuCarro.net | Todos os direitos reservados.

uma empresa Uniforce Tecnologia | Fale Conosco | Política de Privacidade

ThemeMakers